12 hábitos práticos para liberar o estresse

26 de novembro de 2018

Ele provavelmente já é um velho conhecido seu e aparece nas mais diversas situações. Como quando você não pode se atrasar para algum compromisso, mas acaba pegando aquele congestionamento. Ou quando tem um dia ruim, chega em casa e dá uma resposta ríspida pra pessoa que mais ama. Essas coisas costumam acontecer, e o que provoca isso é o estresse.

Considerado um dos principais problemas do século 21, causador de incontáveis problemas de saúde, de relacionamento, de comportamento social inadequado etc., o estresse é uma resposta do organismo para uma situação de ameaça ou pressão. Mas que pode ser aliviado a partir de certas atitudes, que poderão se tornar hábitos e passar a integrar seu novo estilo de vida. A partir de agora mesmo! Descubra como liberar um pouco do estresse do seu dia a dia.

 

1. Preste atenção à sua respiração

Esteja onde estiver, tente esvaziar a mente e respirar fundo por alguns segundos. Inspire, enchendo bem os pulmões, e expire, esvaziando-os suavemente.

Segundo especialistas, controlar a respiração reduz os níveis de cortisol no organismo, hormônio diretamente associado ao estresse. Também diminui a pressão arterial e a frequência cardíaca, resultando em uma maior sensação de bem-estar e relaxamento.

 

2. Pratique uma atividade física

Praticar uma atividade física, como caminhar ou ir à academia, impulsiona a produção da endorfina, também conhecido como hormônio da felicidade em razão da sensação de bem-estar que produz, e ainda reduz o cortisol. Então, nada de inventar uma desculpa para deixar de se exercitar. Sua saúde agradece.

 

Fluxo Vital - Modulação hormonal

 

3. Admire uma planta

“Como é que é?!”. O.k., pode parecer besteira, mas ter uma planta por perto é uma das mais eficientes soluções para liberar o estresse. Só o fato de estar em um lugar com plantas já ajuda a reduzir a pressão sanguínea e a favorecer o relaxamento, de acordo com um estudo da Universidade de Washington, Estados Unidos. E se você puder fazer algum trabalho de jardinagem, ou ao menos dedicar algum tempo para cuidar das plantas, melhor ainda!

 

4. Tente usar menos o celular

Isso mesmo: tente. Sei que pra algumas pessoas soa quase como ofensivo, mas digo isso porque sei que, a pesar reconhecer que o celular traz várias facilidades para o dia a dia, não há razão pra ficar dependente do aparelho e se esquecer da vida de verdade, que está acontecendo ao seu redor. Concorda?

Uma pesquisa publicada em 2011 no BMC Public Health revela que jovens que usam muito seus celulares têm maior incidência de estresse.

Outro problema cada vez mais comum é o uso do celular antes de dormir, o que reduz os níveis de melatonina (hormônio do sono) e aumenta a produção do cortisol, substância nos deixa em estado de alerta. Vai dormir? Deixe o celular de lado, ao menos meia hora antes de se deitar, o.k.? Vale à pena; e o seu sono agradece!

 

5.Ouça uma música relaxante

Estudos avançados de neuromarketing comprovam que ouvir música pode reduzir a ansiedade em 65%. Um hábito que inunda o cérebro com substâncias como a dopamina, que proporcionam sensação de bem-estar.

 

6.Coma banana

A banana é um alimento rico em potássio, um nutriente que ajuda a regular a pressão arterial. E é recomendada, inclusive, pela Associação Americana de Psicologia como um alimento para combater o estresse.

A nutricionista Mariana Veiga fala mais sobre os nutrientes de que o corpo precisa para se manter em equilíbrio neste post aqui.

 

7.Tome um copo de água mesmo quando não estiver com sede

Uma desidratação leve pode prejudicar o humor, a capacidade de raciocínio e a energia. A constatação foi apresentada em dois estudos de pesquisadores do Laboratório de Performance Humana da Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos.

Os autores afirmam que a sensação de sede só aparece quando a falta de água já chegou a elevados níveis no organismo. Portanto, a dica é beber água mesmo quando não estiver com sede. Nosso corpo precisa de cerca de 2 litros de água diariamente.

 

8.Durma mais

Você é daquelas que ficam estressadas com maior facilidade quando estão com sono? Então, precisa dormir mais.

A sonolência pode prejudicar o desempenho de certas tarefas. E não é só bula de remédios popularmente chamados de calmantes que diz isso, mas uma pesquisa do Brigham and Womens Hospital, nos Estados Unidos.

Procure adotar o hábito de dormir de sete a oito horas por noite para poder prevenir e aliviar o estresse em seu dia a dia.

 

9.Evite exagerar no café

Embora pareça uma solução perfeita para combater o cansaço ou favorecer a reflexão após uma situação de estresse, o café concentra elevadas doses de cafeína, um poderoso estimulante que pode aumentar a ansiedade.

Portanto, por mais irresistível que possa parecer, consuma café com moderação e procure respeitar os limites do seu corpo.

 

10.Escreva

Escrever sobre como você se sente é outra maneira de liberar o estresse. Algumas celebridades como a apresentadora de TV americana Oprah Winfrey levam esse ritual tão a sério que adotaram a escrita como um hábito diário.

Oprah mantém há anos um diário de gratidão onde registra todos os dias cinco coisas boas que aconteceram com ela e que a ajudam a mudar a forma como vê a vida.

Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia aponta que toda vez que falamos e escrevemos sobre emoções ativamos uma área do cérebro, chamada córtex pré-frontal ventrolateral direito, produzindo um efeito terapêutico.

 

11.Passe mais tempo com a família

Abraçar, beijar ou mesmo passar mais tempo com a família melhora os níveis do hormônio ocitocina no organismo, que funciona como um calmante natural e diminui a pressão arterial.

Outro estudo aponta que pessoas com menores conexões sociais tendem a sofrer mais de depressão e ansiedade.

 

 

12.Brinque com o seu cachorro

Já experimentou chegar em casa, depois de um dia cheio, e fazer um cafuné no seu cachorro? (Ôpa! Claro, pode ser gato!) Fofos e carinhosos que só eles, ajudam muito a reduzir o estresse e a melhorar o humor. Interagir com pets também libera ocitocina, aliviando o estresse e ansiedade.

Alguns especialistas sugerem que donos de cães e gatos apresentam níveis mais baixos de estresse do que pessoas que não possuem animais de estimação.

(Bem, vejam esse vídeo que uma paciente me mandou e tirem suas conclusões. Não importa o bicho, o que vale é a alegria que nos dão).

 

 

Agora que você viu como liberar o estresse, só precisa incluir hábitos saudáveis como esses que acabamos de ver ao seu estilo de vida. E não é só você que sai ganhando, mas também todas as pessoas com as quais convive. Quer ajuda para cuidar melhor da sua saúde física e emocional? Saiba como adotar um estilo de vida mais saudável.

Fluxo Vital - Modulação hormonal

Mais artigos que podem te interessar

Ficou com alguma dúvida?

Para esclarecer qualquer dúvida ou entender melhor como podemos atender às suas necessidades, entre em contato com a nossa equipe. Será um prazer poder ajudar você a conquistar um melhor estilo de vida!

  • Rua Jardim Botânico, 568 - Sl. 212
  • Jardim Botânico - RJ
  • (21) 2249-5001
  • (21) 2535-8862
  • (21) 9 8802-4293

× Contato via WhatsApp!